A economia global está em crise, as bolsas de valores estão apresentando índices alarmentes de queda, nossa moeda em constante desvalorização.

A Bolsa de Valores de Sâo Paulo (B3) desde o dia 09/03 tem apresentado quedas, tendo sido necessário o uso do circuit braker, paralisação das negociações por 10 minutos, ontem ocorreu o mesmo, e hoje já na abertua a Bolsa caia mais de 10%, foi necessário novamente o circuit breaker.

Hoje foram necessárias duas paralisações na Bolsa de Valores brasileira, operando agora com queda de 17,97%, com suspensão de 1 hora, foi a primeira vez na história que a nossa bolsa sofreu paralisação em 3 dias na mesma semana.

As quedas foram provocadas na 2a. feira pelos efeitos danosos do Covid 19 sobre a economia mundial e pela guerra comercial entre a Arábia Saudita e Rússia pela produção de petróleo, o excesso de produção fez o preço do barril de petróleo despencar, levando a queda nas bolsas de valores.

A queda de hoje está relacionada à decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em restringir vôos da Europa para os Estados Unidos, exceto os vôos vindos do Reino Unido.

Nas ocasiões de crise nas bolsas de valores, os investidores buscam investimentos mais seguros, dentre os quais o dólar, motivo pelo qual o valor da moeda tem subido tanto, hoje bateu a casa dos R$5,00, ou seja, existe mais demanda pela moeda do que a oferta.  Nestas situações o Banco Central usa suas reservas cambiais e injeta dólar na economia para tentar equilibrar o valor da moeda.

A alta do dólar impacta negativamente na nossa economia, pois as empresas que necessitam importar matéria prima ou componentes de outros paises, pagarão mais por isso, fato que acaba por inviabilizar a produção.

A China é uma grande parceira comercial do Brasil, contudo, no momento as exportações e importações estão paralisadas, fato que trará resultados drásticos para a nossa balança comercial e inviabilizará o crescimento do PIB.

A economia global em crise traz prejuízos para todos os setores, indústria, comércio e serviços, dentre os quais o turismo, agências de viagens e companhias aéreas dentre tantas outras.

O momento é de cautela, tanto para as empresas quanto para a sociedade, convém salientar que os países estão investindo para o enfrentamento do novo coronavírus e equilibrar os efeitos da crise econômica, o Brasil prevê investimento na saúde de R$10 bilhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *